Percursos pedestres

A região do Alto Minho encontra-se bem dotada de uma rede excelente de percursos pedestres. No entanto, cabe salientar o seguinte:

Como via, um percurso constitui uma infraestrutura, mas quando nos referimos a um percurso como itinerário marcado e sinalizado, este constitui um equipamento, ou seja a marcação e sinalização de um percurso de pequena ou grande rota constitui um equipamento associado a uma via, seja caminho rural, florestal, agrícola, de servidão ou trilho.

Assim sendo, um percurso pedestre trata-se de um itinerário infraestruturado, previamente marcado e sinalizado, para conduzir o visitante a determinados pontos de interesse. Contudo, apesar de estar marcado, este percursos carecem de interpretação, pelo que só a companhia de um guia experiente e residente, poderá enquadrar com garantias de qualidade e satisfação o turista que procura conhecer a pé a nossa região.

Os Guias da Elos da Montanha foram, na maioria dos percursos pedestres existentes, os técnicos responsáveis pelo seu estudo, levantamento, reconhecimento e marcação, pelo que agora, dado o seu profundo conhecimento do território e dos itinerários, assumem o papel de Guias de Montanha, transmitindo em primeira mão, informação de elevada e indiscutível qualidade.

Os comentários estão fechados.