Nos intervalos da chuva

Todos concordamos que nos dias ventosos e mais desagradáveis não nos apetece muito sair, mas depois da tempestade vem a bonança, e quando só está a chuviscar, sair para a rua com umas boas botas e um impermeável é das coisas mais revigorantes que se podem fazer. Por isso iniciamos esse novo ano com uma diversificada oferta de percursos pedestres para conhecer cantos e recantos das nossas serras, aproveitando ao máximo as paisagens que o inverno nos pode oferecer. Apesar de procurar-mos ir aos pontos mais altos na esperança de encontrar neve, as temperaturas anormalmente altas para esta época não permitiram que tivessemos o gosto de desfrutar dessas paisagens brancas que ambicionava-mos. Mas claro que as paisagens que fomos encontrando não nos desiludiram, desde as belezas da Serra da Peneda e da Serra do Soajo e os extraordinários socalcos de Sistelo fomos ainda surpreendidos com incríveis bosques e cascatas no vale do rio Gorgua na vizinha Galiza. Além das deslumbrantes paisagens também podemos apreciar a riqueza cultural, arquitetónica e gastronómica destas serras, visitamos algumas brandas que apesar de abandonadas possuem ainda uma particular beleza, os conhecidos espigueiros do Soajo, antigos caminhos empedrados que nos permitem chegar aos miradouros mais bonitos e tivemos ainda o privilégio de provar os sabores serranos como a carne de Cachena, o fumeiro e o mel. Assim concluímos que o inverno tem muitas coisas boas para nos oferecer e desfrutar por isso vamos, bem agasalhados, continuar a aproveitar esta estação e guardando as recordações mais bonitas. O calendário de atividades para Fevereiro já está disponível!!!
12549034_1703208926625350_468152924763452847_n 12622183_1703604646585778_2610824374262404315_o 12622562_1706652942947615_4906024988526618144_o

Os comentários estão fechados.